#Gravidez – 16 semanas

Primeira foto grávida - 4 meses

Falei sobre a coceira que estava me incomodando, dei a receita para a solucionar o problema, mas esqueci de falar à quantas anda minha gestação. Beatriz já está com 16 semanas e 3 dias; é uma menina saudável de acordo com as ecografias morfológicas que fiz. Neste período, minha barriga já está bem visível. Acho que está crescendo muito rápido, ou sei lá, o tempo esteja voando. E acho isso ótimo, porque estou louca para ter Beatriz em meus braços.

Tenho sentido algumas dores semelhantes à cólicas, mas pelo que li são normais. Vou ter certeza quando visitar meu médico na próxima terça-feira. Até já saí para dançar. Usando salto e um vestido longo. (Obrigada, Dharana por compartilhar o lindo momento do seu baile de formatura conosco). Os enjôos que me atormentavam tanto no início da gravidez diminuíram consideravelmente, mas ainda acontece aqueles momentos de náuseas e vômitos, principalmente pela manhã.

Meu cabelo está bonito, considerando que eu não cuido nada dele. A gravidez melhora a gente! Melhora tanto, que nunca tantas pessoas me disseram que eu estava linda, apesar de que me sinto gorda e pálida todos os dias quando me olho no espelho. O fato de se estar grávida já é bonito por si só, pelo que percebo.

Tenho conversado com a Beatriz sempre que posso e tenho colocado o pai e os avós maternos para fazerem o mesmo. Uma das tias também já troca altas ideias com minha pequena. Dizem que isso é muito importante, tem reflexos positivos depois do nascimento. Uma espécie de estreitamento de laços.

Beatriz –  18,7 cm e 163g

6 comments

  1. Dharana Bastos says:

    Eeeeeeeeee, tá lindona demais mesmo. E nem precisa agradecer nada não… foi uma honra ter vcs 3 lá.. e tomara que a Biazinha nasça logo, pra gente babar muito em cima dela ;D

  2. cristiane says:

    Aproveita muito essa fase da barriga, dá uma saudade depois! Nada se compara a ter o filho nos braços, mas tê-lo sempre em segurança no ventre, sentir os primeiros movimentos, é algo inesquecível. Claro que há também os pequenos privilégios das grávidas: as preferências na fila, o olhar mais cuidadoso das pessoas próximas, o fascínio das crianças…e o melhor de tudo, que é a sensação de perceber o bebê crescendo e se desenvolvendo quando a gestação é saudável e sem riscos. Realmente é um privilégio…tanto que eu quis repetir a experiência três vezes!!!!! Continue assim, empolgada e cada dia mais bonita! Um beijo pra minha sobrinha e para os papais corujas!

    • Jéssica Macêdo says:

      Hahaha, pois é, Cris! Você é a prova de que gostou mesmo do negócio. Por enquanto, não penso em mais filhos. Vou curtir bastante a dona Beatriz antes de providenciar mais um (a) para a prole. Estou curtindo muito a oportunidade de ser o centro das atenções. É muito gostoso mesmo. Beijos para vocês todos aí.

Responder