Audição do bebê antes do nascimento

Esta é uma das ilustrações mais lindas que já vi sobre gestação. ~infelizmente desconheço a autoria ~ Um bebê sente tudo o que a mãe sente, o ritmo do coração dela é quem diz se a música é agradável ou não.

A audição do bebê se desenvolve completamente antes do nascimento. Durante o trimestre final da gestação, pelo qual Beatriz e e eu estamos passando, sua capacidade de audição melhora e ele passa a ouvir os sons. Ele ouve, especialmente, a voz da mamãe, que fará com que ele se sinta muito mais seguro no mundo exterior, já que lhe será familiar.

Por isso, você mamãe gestante como eu deve desde já conversar com seu pequeno tesouro. Estimular que pessoas próximas como o pai e os avós façam o mesmo também é interessante. Há respostas positvas após o nascimento quanto a isso. Os recém-nascidos passam a ter mais afinidade com aquelas pessoas que eles reconhecem a voz e se sentem mais seguras por ser alguém conhecido.

Vou ter que ficar até mais atenta sobre os tipos de sons. Como gosto muito de Rock, às vezes coloco o volume do carro na maior altura naqueles solos de bateria e isso perturba o bebê. O ideal é conversar e colocar músicas agradáveis para ele ouvir. Evitar lugares barulhentos, já que os sons penetram através do corpo da mãe e alcançam o seu bebê através dos fluidos.

Na barrigada da mãe, os nenéns ouvem de tudo. A circulação sanguínea da mãe, os batimentos do coração dela, uma música, o barulho da rua, as conversas ao redor dela. Muitas vezes, a voz dos pais são como canções de ninar.

Já existem discografias voltadas para este momento, como o “Mozart for mother and baby“. Mas, acredito que a escolha da trilha sonora cabe aos pais. Uma boa Bossa Nova por exemplo ou uma linda canção de Blues são outras opções.