Viajando de carro com um bebê de dois meses

Viajar com um bebê não é tarefa fácil, mas é perfeitamente possível e pode ser muito prazeroso. Neste final de ano, decidimos arriscar uma viagem de carro com Bia e deu tudo certo.

Fomos de Brasília à Sacramento/MG e como são mais de 500km de distância e cerca de 6 horas de viagem de carro, a escolha do horário de saída foi crucial: à noite. Como Beatriz dorme à noite toda, deixamos para realizar o trajeto enquanto ela dormia, assim ela não se entediou tanto no percurso.

Paramos apenas no horário em que ela acorda normalmente para sua primeira mamada do dia, por volta das 7h da manhã, e depois seguimos viagem. Paramos novamente para nos alimentarmos e dar um passeio com Bia, porque ficar horas deitada no bebê conforto não deve ser tão confortável assim.

O destino era a represa da usina de Jaguara. Um lugar de muito verde e tranquilidade. Como fazia muito calor e água da represa estava morna, até Bia entrou na água. Todos aproveitamos.

bebê tomando sol na sombraApesar de não ser indicado para menores de seis meses, não abrimos mão do protetor solar e do repelente. Mas, não recomendo a ninguém, apesar de ter sido bom para Beatriz. Porque esta tolerância pode variar de criança e por sorte ela não tem nenhum tipo de sensibilidade. Também não abusamos, fazendo uso em pequena quantidade.

Na pousada tinha crianças e bebês de todas as idades, um lugar bem família. Outro ponto a ser considerado, o ambiente. Afinal, a criança já terá que passar pela transição de sair do seu cantinho, do seu lar para um lugar completamente diferente. É preciso, apesar de não estar em casa, não sair da rotina do bebê. Hora do banho, das mamadas e de dormir devem ser respeitadas.

Mas o mais bacana de tudo isso é, além de promover o descanso e a interação familiar, iniciar a adaptação da criança em estar em locais que não seja a própria casa. Mais pra frente isso poderá fazer diferença no comportamento dela fora de casa. Lembrando que cada um tem seu tempo e seu modo.

Bebe sorridente no bebê conforto

O que levar na viagem com um bebê?
Muitas roupas para o bebê – pense em duas a três roupas para cada dia
Sling ou canguru – dependendo da programação, o carrinho pode não ser o transporte ideal e carregar no colo é bem cansativo
Carrinho de passeio – para percursos longos e que permitam o veículo
Fraldas – muitas, muitas para não passar por aperto
Toalhas e todos os objetos essenciais do bebê
E não se esqueça: segurança é fundamental. Bebê ou criança, só no assento correspondente à sua idade e/ou peso e com uso correto dos equipamentos de segurança seja do bebê conforto, da cadeirinha ou do próprio veículo. Assim, todos aproveitam e sem riscos.