Brigamos sábado; resolvemos tudo domingo no parque

Hoje foi dia de parque. Depois de brincar na piscina que armei na área de serviço do apartamento (sou louca!), fomos ao Parque da Cidade fazer tudo que uma criança de um ano tem direito. Subir e descer os brinquedos. Se jogar na areia, deitar na grama, tentar pegar a bola das outras crianças, comer pipoca. Se divertir como se aquele momento fosse único.

Estava devendo um momento “se joga” à Bia. Nos últimos dias tenho trabalhado tanto, que mal vejo a pequena acordada e quando vejo, sempre estou ocupada demais para lhe dar atenção. Sábado mesmo foi assim. Um dia intenso no trabalho que começou ainda na sexta-feira. Na correria, Beatriz queria minha atenção, não dei. Ela deu birra. Briguei com ela. Nunca havia acontecido antes. Ela se assustou. Eu também. Ficou um clima estranho, pesado no ar (sim, ela só tem um ano mas demonstra sentimentos como ninguém).

Como pude? Não foi ela quem me passou todas aquelas demandas. Ela só queria o carinho e a atenção da mãe. Fui grossa, impaciente, incompreensível. Me senti péssima ao final. Então pensei: vamos resolver isso, domingo no parque. 🙂

Um super beijo para dona mãe vovó Dete, que me deu suporte para esta tarde feliz.

This slideshow requires JavaScript.

Responder