Grávida e carregando criança mais velha no colo

Sempre que as pessoas me veem pela primeira vez grávida e segurando Beatriz no colo, surge o choque: “barriguda desse jeito e carregando essa menina?!” Ok, não sou um exemplo de saúde e força, mas passo longe de ser frágil. Sinto dores nas costas com certa frequência, muito pela minha postura. A minha realidade não é diferente da de muitas outras grávidas que já são mães. A verdade é que não faz mal para o bebê em gestação eu carregar a irmã mais velha no colo.

Fui buscar informações sobre isso e encontrei no sagrado “O que esperar quando você está esperando”. A não ser que seu médico tenha proibido esforço excessivo, erguer peso não irá prejudicar o bebê. É claro que, num mundo ideal (essa é a minha expressão preferida), você irá evitar tudo aquilo que lhe provoque dor ou fadiga. A gravidez por si só já promove isso.

Entretanto, já que é para erguer peso, tratando de objetos ou crianças, o melhor é fazê-lo da forma correta.

  • Não se erga de forma repentina. Estabilize primeiro o corpo ampliando a base de sustentação (pés afastados, na mesma extensão dos ombros) e contraindo as nádegas para dentro;
  • Dobre os joelhos, não a cintura, e suspenda com os braços e as pernas, não com as costas;
  • Divida o peso de objetos diversos entre os braços.

como-se-esguer-grávida-www.mesintogravida.com.br

Peguei esta imagem no livro “O que esperar quando você está esperando” e dei uma ajustada para o blog. O importante é que ela facilita visualizar a maneira ideal de erguer objetos: dobrando os joelhos. Isso serve para objetos, sacolas, crianças, enfim. Exercícios apropriados para a fortalecer a musculatura das costas também são bem-vindos, o que você irá encontrar em ioga e/ou pilates para gestantes.

Responder