Acupuntura para induzir o trabalho de parto

Nesta quarta-feira (12), realizei minha primeira sessão de acupuntura para estimular o trabalho de parto. Estou com exatas 38 semanas de gestação e convicta de que irei conseguir. A princípio, havia agendado a sessão para ajudar o bebê a virar, pois nas últimas ecografias ele estava transverso. Mas Artur colaborou e, dias antes, se posicionou com apresentação cefálica (cabeça para baixo).

Minha doula recomendou que eu fosse à acupuntura mesmo assim, a fim de iniciar o processo de estimulação do trabalho de parto. O meu GO já havia me recomendado isso também, mas só lá pelas 40 semanas. Foi bom ouvir minha doula, pois quando encontrei a acupunturista ela me explicou exatamente como funcionam esses estímulos.

As primeira sessões são preparatórias. Normalmente, iniciadas com 37 semanas, segundo a acupunturista. No meu caso serão apenas preparatórias as duas primeiras sessões. Essas sessões servem mais para quebrar um pouco da ansiedade materna e a liberar as passagens energéticas. Muitas vezes, ficamos tensas e acabamos dificultando processos naturais do corpo. A acupuntura atua neste sentido, em liberar processos.

acupunctura-no-parto

Já na minha terceira sessão, serei submetida a estímulos mais fortes, o que não significa que irei necessariamente entrar em trabalho de parto logo em seguida. O corpo tem que estar preparado para isso e por isso é tão importante a conversa com a acupunturista. Ela trabalha com você de acordo com a avaliação já dada pelo seu GO. Afinal, ninguém aqui é amador.

Há poucos artigos fundamentados na internet sobre os benefícios da acupuntura para induzir o trabalho de parto. Há ainda uma pesquisa que diz que não há comprovação alguma de que a acupuntura possa mesmo ser responsável por reduzir o tempo do trabalho de parto e afins. Na minha opinião, isso está muito relacionado com o que você deseja e acredita. E eu desejo muito ter um parto natural e acredito em todos os esforços que eu fizer para realizar isso. Logo, confio na recomendação do meu GO, da minha doula e na acupunturista. Só lamento não saber de tudo isso desde a primeira gestação.

É claro que depois que passar todo esse processo, que meu Artuzinho estiver nos meus braços, volto para compartilhar com vocês o que senti e se a acupuntura colaborou mesmo com esse processo. Por enquanto, vamos vivendo um dia de cada vez. Beijo.

14 comments

    • Jéssica Macêdo says:

      Oi, Mariana! Fiz com a Érika Nery – ela é especialista em gestantes. Acredito mesmo que tenha ajudado, principalmente pela questão motivacional.

      Beijo

      • Aline says:

        Olá Jéssica, será q vc poderia me passar o contato da Dr. Érika Nery? Sou enfermeira obstétrica e aluna de acupuntura e desejo realizar um trabalho sobre acupuntura em trabalho de parto.

  1. Denise Martins says:

    Olá Jessica, gostaria do contato da Dr. Erica Nery tb… Vc pode me passar?
    Obrigada

  2. Cris Oliveira says:

    Olá Jéssica, vou começar as sessões e gostaria de saber como foi o restante das suas. Pode me passar o link se vc publicou, ou então seu relato por email? Aguardo ansiosa a chegada da minha Geórgia

  3. Luciana says:

    Jessica, você conhece alguma acupunturista especializado em gestante na cidade de Belo Horizonte?

Responder