Primeiro ano do Artur

O primeiro ano do Artur já passou há cinco meses e só agora percebi que não publiquei este post. Estava dando uma olhada nos rascunhos do blog. Sou mãe de dois, doula e trabalho fora, por favor, não me julguem hahhaha…

[Em 1 de abril de 2015]
Se eu pudesse, voltaria no tempo mil vezes para fazer tudo outra vez. Fazer tudo o que te trouxe aqui, meu filho. Neste um ano você revolucionou minha vida e completou a nossa família. Somos quatro almas interligadas por toda a eternidade. Tudo em você é especial, sua vida pra mim é especial.

Lá atrás mudamos os planos, traçamos novas rotas e isso nos colocou em uma outra sintonia que só fez bem a todos nós. Quando decidimos ir à luta para que você tivesse direito a um parto digno, iniciamos uma jornada sem fim pela criação com apego e muito, muito amor.

Sempre que posso, fecho os olhos e revivo aquele momento que te trouxe ao mundo. Aqueles primeiros vinte e seis minutos do dia primeiro de abril de 2014 são inesquecíveis em mim. Você saindo de mim para ir direto para os meus braços. Não, isso não tem preço. Seu olhinhos se abrindo, seu corpinho tão miúdo, seu coração pulsando e aquele aconchego que só nós sabemos que existe nesta relação de colo e carinho.

Os dias foram se passando, nós nos adaptando um ao outro. Passamos por muitas dificuldades, porém muitas descobertas e aprendizados. O amor foi crescendo, os sorrisos surgindo e a vontade de estar junto também. Neste seu primeiro ano de vida vivemos intensamente o melhor que a maternidade tem a oferecer. Os desafios e as conquistas, tudo isso faz parte da nossa trajetória.

Hoje, só quero dizer o quanto te amo! Só quero que você saiba e sinta isso. Sem você, esta família não seria completa. Seu pai e eu estaremos sempre aqui para você e sua irmã Beatriz. Nós amamos vocês e a oportunidade que vocês nos proporcionam de ser pai e mãe.

Acima, como não poderia faltar o vídeo do parto do Artur. Uma transformação!