Velas, “garrafadas”, pernas para cima e outras crendices populares

Quando você decide começar a tentar engravidar quase que automaticamente acha que será no próximo mês. A menstruação chega, você começa a marcar no calendário (ou nos inúmeros apps de controle de ciclo menstrual). No começo o sexo ainda é divertido, você apenas curte. Depois de alguns ciclos você começa a marcar na agenda os dias para namorar. Meses vão se passando e nada da menstruação atrasar pra você fazer aquele tão esperado xixi no palitinho da farmácia. Aí sempre tem algum amigo ou familiar que começa a pressão: “E aí, quando vem o bebê?” ou ainda “Ih sua prima fulana de tal já passou na sua frente hein”. A vontade é de mandar os boletos pra casa das pessoas, porque afinal se você quer pitacar sobre a minha vida precisa quitar uns boletos né?
Começam a chegar as super dicas: “Olha, fica 20 minutos com as pernas para cima que dá certo” ou “Não toma banho nem faz xixi depois de transar hein” ou o clássico e não menos irritante: “Você precisa desencanar. A hora que você relaxar vem”. AHAM. Alguém consegue relaxar contando dias em calendários? Alguém consegue relaxar imaginando o mundo de problemas de infertilidade que as pessoas tem? Não, não diga isso a uma tentante.

Isso piora significativamente quando você passa dos 35 anos. Na real estatísticamente os números são meio cruéis (não só a gravidade) quando você vai envelhecendo (atenção ao texto em negrito):

Dos 26 aos 30 anos: 18% por mês de tentativa
*85% engravidam em até 1 ano

Dos 31 aos 35 anos: 15% por mês de tentativa
* 80% engravidam em até 1 ano

Dos 36 aos 40 anos: 9% por mês de tentativa
*50% engravidam em até 1 ano

Dos 41 aos 42 anos: 4% por mês de tentativa
*20% engravidam em até 1 ano

Dos 43 aos 45 anos: 0,2% por mês de tentativa
*1% engravidam em até 1 ano

Fonte: Revista Pais e Filhos, colunista Dr. Rodrigo Rosa Filho, médico especialista em reprodução humana da clínica Mater Prime, em São Paulo.

Saiba quais sãos as chances reais de engravidar em cada idade

Dito isso acho melhor eu fazer um apelo aqui: Não pergunte nada sobre esse assunto para um casal tentante. Deixa que quando eles tiverem uma notícia eles decidem se te contam ou não. Lide bem com o fato de que sua dica não é nenhuma novidade para esse casal. (hoje em dia todo mundo tem internet, vamos combinar?!)

O que você pode doar de bom coração a um casal tentante é sua amizade, sua compreensão e discrição. Essa última é a melhor de todas.