A emoção da primeira ecografia

Desde que vi o resultado da gravidez e marquei a primeira consulta do pré-natal o que corria em minhas veias era apenas ansiedade, além de tantas perguntas que tinha que fazer para a minha médica não via a hora de ver a primeira vez aquele “feijãozinho” que estava dentro de mim. O Filipe está fazendo questão de acompanhar cada momento e, logo que saímos da consulta já fomos marcar a primeira ecografia.

Nova mamãe e o teste do Beta HCG

Estava me sentindo diferente há umas duas semanas, com um sono incontrolável, fome de tudo, vontades aleatórias no meio do dia de trabalho, certos enjôos a comidas que eu nunca diria não (no caso japonesa), meus seios estavam enormes e doloridos só de encostar na roupa. E eu estava feliz porque brincava com meu marido, Filipe "do Chocola", dizendo que me sentia siliconada naturalmente!

Ecografia Morfológica de 1º Trimestre

Fiz hoje a Ecografia Moforlógica de Primeiro Trimestre. Este exame equivale ao de translucência nucal, que já havia falado antes, mas que na verdade é só uma das características do feto a serem avaliadas. Segundo o doutor, está tudo dentro dos conformes. Claro, de acordo com a porcentagem de estimativa. Mas vê-la novamente, naquela telinha preto e branco foi super gratificante. Desta vez o pai esteve presente, tenho certeza que, assim como eu, se emocionou ao ouvir os batimentos da pequena, ver ser corpinho, sua agitação. Linda!

Fim da curiosidade: o sexo do bebê

Como comentei antes, semana passada, fiz um exame chamado sexagem fetal. É um teste que consiste na análise do sangue materno a partir da 8ª semana de gestação, levando em consideração os cromossomos presentes na amostra. Como sabem, os cromossomos femininos são XX e os masculinos XY. Logo, se o sangue do bebê se mistura com o da mãe, se ele for menino, esta análise apresentará XY. Se não apresentar mudança, ou seja, XX, por exclusão deduzimos que é menina.